Na sua V edição o Congresso Acadêmico Científico da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Câmpus Porangatu que neste ano contou com a participação simultânea do II Fórum Regional de Pesquisa e da I Mostra de extensão, se firma e reafirma a necessidade do desenvolvimento humano e também do Estado por meio da Educação. Somente por meio de uma formação consistente e diversificada o ser humano pode atender as exigências e anseios contemporâneas de uma sociedade cada vez mais aberta ao conhecimento, à informação e ao desenvolvimento tecnológico.

Sendo assim, nos dias 21 a 25 de setembro de 2015 um grupo de pesquisadores, professores e acadêmicos de diversas áreas do conhecimento (Educação, Letras, Matemática, História, Geografia, Biologia e Sistema de Informação) se reuniram no Câmpus Porangatu para discutir a “Interculturalidade: Formação em Debate”.

O enfoque intercultural é uma necessidade e também uma realidade dos tempos atuais. Diante de um mundo globalizado e conectado pelas mídias sociais é inadmissível a permanência de preconceitos e racismos de qualquer natureza. Por isso, a UEG Câmpus Porangatu se preocupa com a formação de um profissional que consiga lidar com todas as demandas sociais e interculturais da modernidade.

Publicado: 2016-09-08