LITERATURA E CATÁSTROFE NOS ROMANCES O QUINZE, DE RACHEL DE QUEIROZ, E OS FLAGELADOS DO VENTO LESTE, DE MANUEL LOPES

  • Silvania Ferreira Nunes Mandú Universidade Estadual de Goiás
Palavras-chave: Catástrofe, influência, literaturas, regionalismo, sertanejo

Resumo

Este trabalho tem por objetivo realizar a análise dos romances O Quinze, de Rachel de Queiroz, e Os flagelados do vento leste, de Manuel Lopes, de modo a verificar a aproximação entre a literatura brasileira e a literatura cabo-verdiana, destacando elementos como: o regionalismo; a caracterização dos ambientes físicos; questões discursivas entre os textos; a representação dos problemas sofridos pelos sertanejos, devido às questões climáticas tema constante presente nas obras. Com o objetivo de realizarmos nosso estudo, efetuamos pesquisas em documentos historiográficos, bem como de cunho teórico-crítico e literário, os quais contribuíram para traçarmos melhor os paralelos entre as obras.
Seção
Artigos