O ESTUDO DA HISTÓRIA E DA MORFOLOGIA URBANA COMO GERADOR DE ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO E DE PROPOSIÇÕES URBANO ARQUITETÔNICAS: O CASO DE BATATAIS–SP.

  • Kauê Felipe Paiva Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

A presente proposta de comunicação reflete sobre a metodologia empregada na elaboração de proposições projetuais para uma pequena cidade do interior de São Paulo, em um trabalho acadêmico que, por sua vez, assumiu também apreensões e memórias espaciais do autor durante viagens, vivências e leituras. A compreensão da evolução urbana de Batatais, através da sua arquitetura e tipologias características, permitiu a apreensão do rico patrimônio ainda constituído no pequeno município, além do entendimento de todo um processo evolutivo que caracterizou as cidades da região nordeste do estado. O trabalho buscou evidenciar, sempre, uma marca histórica, que caracteriza, ou caracterizou o desenho / traçado da cidade, em determinado período histórico, e uma característica tectônica / material do seu edificado. A geografia física da cidade é então entendida em quatro momentos apresentados através: do seu traçado original e da chamada cidade de madeira e terra (séc. XIX); da expansão do núcleo urbano e a chegada da ferrovia, que promoveram uma cidade de cal e tijolos (primeira metade do séc. XX); do início da ocupação das várzeas dos rios, por meio do emprego do cimento e do aço (segunda metade do séc. XX); e, por fim, de uma grande expansão urbana economicamente caracterizada pela transição da monocultura do café para a da cana de açúcar (fim do século XX e início do XXI). Foram elaboradas proposições em distintas escalas que percorreram o planejamento, a expansão urbana, as infraestruturas e a preservação no resgate da memória. Procurou-se, através de ações concretas de projeto, desenvolver uma leitura crítica sobre a evidência do conceito de relação urbana encontrando novas formas de organizar as estruturas relacionais existentes e, assim, desenvolver igualmente uma leitura crítica sobre a cidade, a história e a contemporaneidade.

Biografia do Autor

Kauê Felipe Paiva, Universidade Federal de Uberlândia
Arquiteto e Urbanista e professor substituto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Design da Universidade Federal de Uberlândia – FAUeD/UFU. Assistente/colaborador de pesquisa da Rede Nacional de Pesquisadores “Urbanismo BR”, junto ao Laboratório de Planejamento Urbano e Regional da FAU-USP. Este Trabalho relaciona-se ao Trabalho Final de Graduação do autor intitulado “Arquiteturas, usos e espaços públicos: proposições para uma pequena cidade – Batatais – SP”, defendido em 2013, na FAUeD/UFU.
Publicado
2015-07-15