Influências da prática da Ginástica para Todos para a saúde do idoso: um estudo piloto

  • Natália Lopes Moreno
  • Bárbara Palhoni
  • Mariana Harumi Cruz Tsukamoto

Referências

CALLAHAN, D. The WHO definition of health. The Hastings Center Studies, Vol. 1, No. 3, The Concept of Health, 1973. Disponível em :<http://www.jstor.org/stable/3527467?origin=JSTOR-pdf&seq=1#page_scan_tab_contents> Acesso em : 23.mai.2017

DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K. e LINCOLN, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. p. 15-41.

FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE GINÁSTICA. Manual de Ginástica Para Todos. edição:2016. Disponível em: <http://www.fig-gymnastics.com/publicdir/rules/files/gfa/GfA_Manual-e.pdf> Acesso em: 03.abr.2017

PAOLIELLO, E. Ginástica Geral: experiências e reflexões. Editora Phorte, São Paulo,2008.

REDE INTERAGENCIAL DE INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE (RIPSA). Indicadores básicos para a saúde no Brasil: conceitos e aplicações – 2ª ed. – Brasília: Organização Pan-Americana de Saúde, 2008. Disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/tabdata/livroidb/2ed/indicadores.pdf >. Acesso em:03.abr.2017

SOUZA, M. A. C. (org.) Esporte Para Idosos: uma abordagem inclusiva. São Paulo. edições :SESC SP, 2010

Publicado
2017-12-18
Seção
Resumos Expandidos