UMA PROPOSTA DE ENSINO DE PRONÚNCIA DA LÍNGUA INGLESA COM ÊNFASE NAS CONSCIÊNCIAS FONOARTICULATÓRIA E GRAFOFONOLÓGICA

  • Eliane Nowinski da Rosa Unisinos

Resumo

Diversos estudos realizados com professores de inglês, ao redor do mundo, revelam que muitos docentes se sentem inseguros e/ou incapazes para lecionar pronúncia por não terem tido uma formação direcionada a esse fim. Quanto ao contexto brasileiro, pode-se dizer que é muito comum deparar-se com professores de inglês relatando as mesmas angústias, o que viabiliza conjecturar que a necessidade por uma formação voltada a preparar o docente para lecionar pronúncia trata-se de uma questão global, a qual merece atenção por parte do meio acadêmico. Dessa forma, a fim de contribuir com a prática do professor em sala de aula, este trabalho vem propor uma reflexão sobre o ensino de pronúncia com ênfase nas consciências fonoarticulatória e grafofonológica, habilidades estas que podem contribuir significativamente para o desenvolvimento bem sucedido do processo de aprendizagem dos sons do inglês por parte dos aprendizes. 

 

Palavras-chave: Ensino; Pronúncia; Inglês; Consciência Fonoarticulatória; Consciência Grafofonológica.

Publicado
2021-02-26
Seção
ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS