O DUOLINGO COMO FERRAMENTA TECNOLÓGICA PARA O ENSINO DE LÍNGUAS

  • Natanael Vieira Universidade Estadual do Maranhão
  • Júlio César Brito Vieira

Resumo

Em torno do que pauta-se o mundo tecnológico e ensino de línguas, é notório observar que com o passar dos anos as coisas passam a ter um novo ressignificado, e consequentemente, às pessoas devem adaptar-se e buscar novos conhecimentos para assim conseguir uma boa vaga de emprego, um intercâmbio, conseguir se comunicar com pessoas de outros países, e assim, sucessivamente. Mediante aos pressupostos, é viável refletir em torno das novas formas de aquisições de outros idiomas, principalmente quando é possível integrar a outros contextos facilitadores da aquisição de novas aprendizagens, e até mesmo de novos meios de ensino. Pois, sabe-se que o ensino de Inglês/ou Espanhol na Educação Básica não possui uma boa atenção dos professores e tampouco da maioria dos alunos, nisso é válido repassar em torno daquilo que está sendo repassado e quais as metodologias que estão sendo usadas dentro da sala de aula para suscitar no aluno um maior interesse para facilitar sua aprendizagem em torno das línguas estrangeiras. Com base nessa afirmativa, esta pesquisa objetivou-se, a priori, enfatizar a importância que o Duolingo possui para com o ensino de novas línguas, e, além de ser uma ferramenta útil de gamificação para os professores de Línguas Estrangeiras. Nesse sentido, foi necessário embasar-nos em torno de alguns teóricos, tais como: Saccol, Schlemmer e Barbosa (2011); Oliveira et al (2014) e outros. Outrossim, é reiterável dizer que esta investigação foi de cunho bibliográfico, pois foi necessário fazer uma busca em periódicos, livros e outras fontes, para assim ter um melhor subsidio.

Palavras-chave: Duolingo. Línguas. Tecnologias. Gamificação. Professor.

Publicado
2021-02-24