LÍNGUA INGLESA E LITERATURA

Caminhos e rotas online para o ensino sob a perspectiva presencial e remota

  • Wélica Cristina Duarte de Oliveira UNEMAT
  • Norma Gisele De Mattos UNEMAT

Resumo

Dentre as diversas preocupações do professor de língua inglesa hoje está o distanciamento natural entre os estudos das metodologias existentes, as exigências do atual momento histórico-social-pedagógico e a sala de aula/aluno real. Vivemos num mundo em que as ferramentas digitais são não apenas presentes no cotidiano de muitos ao redor do mundo, mas são também essenciais para o bom funcionamento e gerenciamento de uma sociedade em contínuo desenvolvimento. Hoje, muito se exige do cidadão que trabalha, estuda e vive em sociedade. O que antes era apenas uma habilidade a mais se tornou imprescindível para se definir o que é uma pessoa letrada e digitalmente letrada. Se antes, os professores de língua preocupavam-se com metodologias que permitiam e propiciassem a compreensão e domínio da língua inglesa por parte dos alunos, hoje, documentos referenciais para a educação enfatizam as ferramentas digitais em papeis de integral importância no processo educativo. A nova Base Comum Curricular (BNCC) demanda, principalmente no Ensino Médio, a contextualização das práticas de linguagem nos diversos campos de atuação, de forma que seja oferecida aos estudantes a possibilidade de explorar as utilizações do inglês na cultura digital para ampliação das suas perspectivas em relação à sua vida pessoal e profissional. Mas e a literatura? Onde caberá o trabalho com o texto literário dentro de um processo cada vez mais preocupado com resultados práticos e computáveis? Apresentamos neste trabalho o papel ativo e intransferível da literatura e do texto literário no ensino da Língua Inglesa, observando suas vantagens e relatando experiências com os alunos dentro e fora da sala de aula.

Publicado
2021-02-24