ESTÁGIOS OBRIGATÓRIOS DE LETRAS DURANTE A PANDEMIA:

percepções de futuros professores acerca do letramento digital.

  • Taisa Barbosa Robuste UFPR
  • Fernanda Silva Veloso

Resumo

Este trabalho tem como objetivo compartilhar experiências de estágios supervisionados obrigatórios do curso de Letras na modalidade remota. Em função da Pandemia Covid-19, foi suspenso o primeiro semestre letivo na Universidade Federal do Paraná (UFPR - Brasil). No entanto, algumas disciplinas, dentre elas as de estágio, puderam ser retomadas, por meio do ensino não-presencial, já no mês de maio de 2020. As ações aqui descritas estão fundamentadas em estudos sobre a prática social do letramento digital (XAVIER, 2011), a competência digital ou tecnológica (KRUMSVIK, 2011) dos futuros professores, assim como sobre a necessidade de formação desses professores “polidocentes” (MILL et. al, 2010) para um contexto de ensino não-presencial, que se tornou a única possibilidade de estágio em 2020. Os sujeitos participantes deste estudo são discentes das disciplinas de Prática de Docência de Línguas Estrangeiras Modernas Neolatinas II e de Língua Portuguesa II. As percepções desses praticantes sobre a nova prática de estágio e sobre desenvolvimento da competência digital foram coletadas por meio de um questionário aplicado ao final do processo. Esta pesquisa apresenta, como resultados parciais, o grande envolvimento dos praticantes na oferta dos cursos remotos, todos eles realizados com atividades síncronas e assíncronas, o que, de certo modo, contribuiu para o desenvolvimento da competência digital dos futuros professores. Além disso, apresenta, a partir da fala dos estudantes, a necessidade de uma formação mais sólida quando se consideram os letramentos digitais para que possam atuar em contextos presenciais e também remotos. Sugere, também, possibilidades de inclusão desse novo “campo de estágio” na já citada universidade, quando o calendário for retomado e as aulas presenciais voltarem a ser ministradas.

 Palavras-chave: Estágio obrigatório. Ensino Remoto. Ensino de línguas. Letramento digital. Formação de professores.

Publicado
2021-02-22